Return to site

Gilbués (PI) - Cresce o deserto do Brasil

· Piauí

As feridas na paisagem são sinais do apogeu do diamante. Foram tempos de riqueza em Gilbués, no Piauí. À beira do rio Boqueirão, o maquinário ao relento, em ruínas, foi utilizado por uma mineradora que explodiu a terra com dinamites, achou valiosas pedras de 20 quilates, exportadas para Emirados Árabes e Bélgica, e depois abandonou a área. Ficou apenas o rastro da destruição. “Quem teve sorte foi embora da cidade”, conta Ibelta Barros, mulher de seu Cula, um dos primeiros garimpeiros a chegar à região, atraídos por anúncios sobre a nova fronteira nas rádios do sertão. Para a maioria, tudo o que se ganhava era gasto ali mesmo, com vaidades e supérfluos, porque no dia seguinte bastava “estourar” outro riacho para conseguir uma nova pedra. A cobiça, reconhece a moça, resultou no estigma de degradação que a cidade carrega: “Os buracos da erosão sempre existiram, mas agora estão mais fundos”.

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly