Return to site

Tijucas (SC) - Reinvenção da beleza

 

Empreendedora aposta nos ingredientes naturais para maquiagem

· Santa Catarina

 

O ambiente não poderia ser mais indicativo dos diferenciais lá cultivados. Basta olhar para as paredes. No hall, em meio a samambaias, a placa da famosa certificação Ecocert em destaque atesta a origem natural e orgânica. Ao lado, os dizeres: “fábrica sustentável” e “produto vegano”. “Para além da beleza, o desafio é trazer verdade e originalidade em tudo que se faz”, aponta a empresária catarinense Soraia Zonta, tendo à frente um quadro repleto de anotações em post-it com providências de planejamento.

 

Não por acaso, a Bioart, criada em Tijucas (SC), está na fronteira de um nicho de mercado que cresce a cada dia, o de biocosméticos – com destaque para máscaras de tratamento facial e toda uma linha produtos para maquiagem comprovadamente naturais, saudáveis e amigáveis ao meio ambiente. “Quando ouvi grandes marcas dizerem que não é rentável fazer produtos naturais e que o mundo não estava preparado para isso, fiquei sensibilizada e decidi fazer algo porque o meu universo não é igual ao deles e tem gente pensando diferente”, conta Zonta, hoje habituada a fazer palestras sobre empoderamento feminino e novos valores para uma vida mais sustentável.

 

O salto ocorreu quando a empresária, alérgica a cosméticos tradicionais, descobriu os poderes das argilas em benefício da pele e montou uma empresa para fornecê-las ao mercado. Em 2012, após também ter se aventurado como dona de SPA, optou por largar as atividades anteriores e criar a atual fábrica – decisão tomada depois de constatar que produtos ditos naturais, comprados de terceiros para tratamento de seus clientes, continham misturas indesejáveis. O negócio decolou com as novas tendências de mercado e a chancela de selos internacionais de qualidade e origem dos produtos, abrangendo expressiva diversidade de matéria-prima da flora brasileira, do baru do Cerrado à andiroba da Amazônia, no total de mais de 50 itens.

 

A empresa tem registrado crescimento de 30% ao ano e, com a participação no ICV Global, avançou no projeto de exportação, que deve ser iniciada ainda em 2017 ou 2018. Após a missão comercial à Califórnia (EUA), proporcionada pelo projeto, Zonta abriu janelas para atrair investidores e aumentar a capacidade produtiva. Os preparativos incluem ações de branding, marketing e embalagem, adaptada à identidade brasileira. O networking foi ponto forte: “dando as mãos, podemos fortalecer a cadeia da sustentabilidade”.

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly